News do blog por e-mail

24 de julho de 2015

Decor: Como escolher Cortinas!!

Babys!!! Eu to muitoooo no tema decor né? Me desculpemmmm as Babys mais novinhas... mas é que to em uma fazer da vida tãoooo decorando..que não consigo falar de doutra coisaaa hahaha... mas me falem o que querem ver aqui que eu falo.. prometooo....Maaaas como sei que tem muitas Babys que estão nessa mesma fase.. ou até as mais novinhas que querem decorar o quartoo.. que tal?? Hoje vim falar de cortinas!!!


Pois é... nunca me liguei em quanto faz diferença essa bendita Cortina na decoração do cômodo.. mas faz..Entãooooo fuii procurar  alguns truques de como colocar.. o que fica melhor e muito mais.. vem ver....

CORTINEIRO

Ter ou não ter cortineiro acho que é a primeira coisa a se pensar... principalmente se a reforma está começando do zero....utilizar o gesso como elemento para esconder o trilho da cortina é uma ideia bem legal e fica mais luxuoso o ambiente... O cortineiro é um acabamento com largura e rebaixo do gesso de aproximadamente 15 cm, onde o trilho da cortina fica embutido. O cortineiro é bem vindo para muitos ambientes como quarto, sala, cozinha…


MEDIDAS 


Visto se vai existir o cortineiro ou não.. agora é medir bem a largura e altura da janela ou do cortineiro se você tiver... Eu sempre sugiro uma folga de tecido para a cortina ficar bem cheia e não faltar pano nas laterais. Exemplo: Se a janela ou o cortineiro tiverem largura de 3 metros, comprem uma cortina de no mínimo 5 metros pra que elas fiquem bem franzidas e não parecerem pequenas ....ou um pano esticado... A minha no caso a parede tem 3 metros e eu comprei uma com 6 metros.. pra ficar bemmmm bonita.. 

Se não tiver cortineiro, O ideal é que o varão e a cortina passe nas laterais e na parte superior e inferior pelo menos 15cm.



Altura: Quando você posiciona o varão um pouco mais acima,no mínimo 20 cm da janela (mais próximo ao teto),a sensação é de amplitude ao ambiente.No caso de pé direito alto, calcule a metade do espaço entre o teto e a janela.
Se você pode colocar a cortina até o chão, caso não tenha nenhum móvel fixo na frente, eu recomendo pois acaba alongando o pé direito do ambiente, caso contrário, deixe pelo menos 15 a 20cm para baixo

A cortina longa que vai do teto ao piso, confere ao ambiente maior elegância. Seu visual é bonito e contribui para ampliar a sensação do tamanho da sala. O ideal é que otecido arraste no chão de 2 a 4 cm no máximo. Caso você não goste, poderá fazer a barra deixando 1 cm acima do piso e o blecaute, deverá ficar sempre no nível do chão.
 

As mais curtas deverão ser usadas, principalmente, quando houver um móvel abaixo da janela. Se ela ocupar todo o espaço da parede, poderá deixar o ambiente pesado. Com um modelo longo e estreito, na medida da janela, o ambiente ficará mais leve, podendo o espaço, que sobrou, ser usado para posicionar um quadro ou uma luminária. Outra opção é o modelo de rolo ou romano, que deve ficar 10 cm abaixo da janela.


Se a sua janela for baixa, procure instalar o trilho ou varão da cortina a uma altura bem maior do que ela; caso contrário, a impressão será a de que ela é achatada;Se o pé-direito da sua casa ou apartamento for bem alto, superior a 2,70cm de altura, instale a cortina na metade da distância entre a parte de cima da janela e o teto. Isso trará um bom efeito.
Mas, se você quer deixar o ambiente com uma aparência ampliada, experimente instalá-la o mais alto possível, chegando ao teto.

TIPO DE CORTINA


Além das cortinas de tecidos, também podemos investir em cortinas de painel, persianas, rolo...No entanto, essa escolha depende do seu ambiente e a harmonia com os outros móveis. Você pode mesclar na sua casa, usar cortina na sala e persianas nos dormitórios. 

Persianas verticais só ficam legais em escritórios. Se você tiver uma porta balcão, coloque cortina ou persianas que possam ser enroladas para cima. A persiana acaba sendo uma ótima opção para pequenos ambientes, pois não tomam muito espaço.


Painel: são bonitas, elegantes, muito utilizadas para grandes espaços e vãos de passagem. Painéis translúcidos ajudam a criar uma decoração leve e acolhedora. 


Cortina Romana: transmite a sensação de organização, limpeza e sofisticação. Combinam também com cortinas

Cortina Rolô: ela cria um plano bem marcado e seu visual é neutro e elegante

  
De trilho: são as mais versáteis e podem ser encontradas em uma infinidade de materiais e modelos. O trilho poderá ser simples, duplo ou triplo, para a instalação de forro e blecaute (ou blackout). A cortina de trilho é perfeita, especialmente, para cortineiros em gesso, criando uma decoração limpa e harmoniosa.

Cortinas de varão: são modernas, leves, práticas e podem ser usadas em qualquer ambiente. É possível encontrá-las facilmente para compra e com ótimos preços



SUSTENTAÇÃO


A cortina pode ser confeccionada para correr em trilhos, chamados trilhos suíços, ou em varão. A escolha dependerá do estilo da sua decoração e de outros elementos como espaço disponível, existência de teto rebaixado em gesso, etc.

O trilho suíço substitui o antigo trilho de alumínio, com os rodízios de bolinhas. Eles são confeccionados em alumínio, são modernos, deslizam com mais facilidade e possuem ganchos de fácil fixação, os quais podem ser colocados tanto no teto como na parede. Poderão ser únicos, duplos ou triplos. Permitem uma maior variedade de pregas no tecido, aumentando o volume da cortina. Ele exige um cortineiro, normalmente feito em gesso ou, com um centímetro a mais, a própria cortina esconde o perfil de alumínio.


Utilizar Varões como acabamento. Uma das sustentações mais práticas e fáceis, pois o varão é fixado direto na parede e pode ser encontrado em diversos acabamento como: cromado, madeira e pintado com tintas. O varão faz com que as cortinas tenham um ar moderno, arrojado e contemporâneo. Ele as torna muito fáceis de colocar e tirar, podendo ser costuradas com ilhoses, alças do próprio tecido ou argolas. Existem muitos modelos de varão, que combinam com os mais diversos tecidos: podem ser de madeira ou metal, com acabamento cromado ou pintado, ser único, duplo ou triplo.


Acabamentos mais Comuns de Cortina

Os modelos mais comuns para cortinas: Reta (com Alça), Prega Inglesa (com argola), Prega Macho (com alça), Prega Americana (com argola), Onda (com argola) e Reta com Ilhós.
 

LUMINOSIDADE

Pra começar a escolher as cortinas você precisa ter atenção para luminosidade das janelas. Se a luminosidade te incomoda muito e mesmo com a janela fechada não da..Neste caso, será preciso pensar em um bloqueio solar, utilizando mais de uma camada de tecido para obter um bom resultado. Normalmente, um forro grosso como o black-out é o ideal para compor a primeira camada. Hoje temos opções para black-out com tecidos mais elaborados e mais leves. Eu sempre recomendo black-out para quartos,pois ajuda na qualidade do sono, deixando o ambiente mais escuro e fresco.


TECIDOS

Daí, tendo black-out ou forro normal, a segunda camada da cortina pode ser um tecido mais leve e decorativo, sendo aqui a melhor parte. Neste caso pode ser um tecido voil, renda, seda, palha, linho…Tudo vai depender dos elementos presentes no ambiente.

Quem deseja uma manutenção fácil pode optar pelos sintéticos e voil. Se quiser deixar o ambiente mais imponente, a seda e o veludo (hoje pouco usado). A seda pode estragar com o sol, então é indicado colocar um forro. Para um ambiente mais despojado, o algodão, fibra ou bambu é mais indicado

Tecido Voil

O tecido voil é um dos mais utilizados para cortinas. Ele pode ter várias cores e também ser estampado. A dica é, sempre que optar por esse tecido, compre também um forro ou outra camada. Ele é transparente e, se quer privacidade ou escuridão total, é preciso ter duas camadas de tecido.

Tecido de seda

A seda deixa o ambiente mais requintado, além de ser o tecido mais nobre para se colocar em cortinas. Para deixar a decoração da sala moderna aposte nesse tecido. É indicado também para quartos de casal.

Tecido Shantung

Se o que você procura é um tecido com uma textura mais grossa e mais encorpado, mas que tenha a leveza de um tecido voil, aposte no shantung. É uma seda tecida à mão e costuma deixar a decoração elegante.

Tecido de linho


Para criar um ambiente de conforto, o tecido de linho é ideal. Ele pode ser combinado com todos os outros tipos. Além de cair muito bem com persianas, devido ao ar sério que ele traz ao ambiente, é indicado para decorar escritórios. A desvantagem do tecido de linho, assim como o de seda, é que ele desfia com facilidade.

Tecido de sarja

Se tem dúvidas para escolher uma cortina para decorar o quarto das crianças, saiba que todos os outros tecidos trazem consigo uma característica séria e que deixam o ambiente com um ar requintado. Para o ambiente descontraído ideal para os pequenos, aposte no tecido de sarja para essa função. Ele tem um caimento leve e deixa o ambiente informal.

Tecido richalieu


Quer colocar uma cortina na janela da cozinha? Esse é o tecido ideal, já que ele é fácil de lavar e remover gordura. Com as bordas rendadas, ele também é uma boa opção para ser colocado em banheiros.

CORES, COMPOSIÇÃO E TEXTURA

Cores, composição e texturas. Este talvez seja o ítem mais difícil pois requer bom gosto e criatividade. Cores mais neutras são mais atemporais, e não enjoando tanto. As texturas e cores vivas são opções mais ousadas e podem dar um charme a mais no espaço. Na verdade, não existe uma regra específica mas Eu acho assim... cortina não é uma coisa barata que trocamos toda hora.. então é melhor investir em algo não tãooo especifico assim.. algo que seja mais versátil e continue combinando caso queira trocar os objetos de decoração sabe.. acho que tem que ser algo que de acabamento, que fique aconchegante.. mas que não seja o porto mais chamativo do ambiente..


Aquela coisa de sempre..ambientes muito coloridos pedem cortinas mais neutras e o inverso abre um leque para estampas e cores marcantes. Cortinas estampadas são sim uma boa ideia e combinam com ambientes mais despojados, como um living colorido, retrô, com móveis básicos e quartos de criança.


Para ambientes maiores... dá pra colocar tecidos mais pesados e cores mais escuras... Já para os pequenininhos, as cores mais claras...e tecidos leves.. para não reduzir mais o comodo...Listras verticais aumentam o pé direito, principalmente se a cortina for até o chão..


LIMPEZA


A frequência de limpeza deve ser de pelo menos uma vez por ano. Quando o ambiente forúmido, a limpeza deve ser maior, devido a proliferação de ácaros. Alguns tecidos podem ser lavados na máquina, como voil, tergal, algodão pré encolhido e poliéster. Deve-se seguir a indicação de cada tecido, alguns são lavados com sabão em pó, outros com sabão de coco o ideal é nunca centrifugar. Porém, tecidos mais nobres como seda, linho e algodão puro devem ser lavados por empresas especializadas, lavanderias


TRUQUES DE CORTINAS


Nossaaa ficou gigante.... mas bem explicadinho vai??? Gostaram?? Bom que teve muitas fotos de inspiração!! 

Beijoooo

Um comentário:

  1. Nossa, exatamente o que eu estava precisando, tirei todas as minhas dúvidas, pois quero fazer a cortina para o meu quarto, e o seu post foi ótimo!

    http://desejoserperfeita.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar gente!!!